quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Minha vida, meu orgulho, meu pai...

Crônica
Ah, nunca me faltará prazer ou inspiração para falar sobre essa pessoa. A cada dia, a cada mês, a cada ano que passa, minha admiração, meu orgulho e meu amor por ela só fazem aumentar! Se bem que, meu amor já é tão grande, que tenho certeza, não pode mais ser aumentado. Acredito verdadeiramente, que ele foi enviado por Deus pra me proteger de qualquer mal que pudesse me atingir, para me confortar com cada palavra que me diz, para me abraçar quando o medo e a insegurança tomam conta de mim!

Também não posso me esquecer dos momentos mais felizes da minha vida, que, obviamente, passaram-se ao seu lado. Tenho tanto a lhe agradecer, pai. Só a agradecer. Por cada risada, por cada abraço apertado, por cada beijo, por cada conselho, por ser o pai inigualável e maravilhoso que você é!

Peço muito a Deus, que, por favor, se um dia for acontecer algo de ruim com você, que aconteça a mim primeiro, pois eu não iria aguentar! Minha vida sem você não faria o menor sentido, você é a única pessoa que consegue me entender, a única que consegue trazer alegria aos meus dias mais tristes, a pessoa que eu tenho como exemplo para no futuro, conseguir educar os meus filhos! Você é o melhor pai do munto, tenho certeza disso. Eu te amo tanto, tanto, que você nem pode imaginar o quão grande é esse amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário